segunda-feira, julho 13, 2009

Vergonha de alguns brasileiros fanfarristas! (by Anônimo)

"Verdade seja dita!
Lastimável a manifestação dos #forasarney organizado pelos "piratas do twitter" na Avenida Paulista, o clima era de "tarde de pequinique" em frente ao Masp.
Felipe Solari, Rafinha Bastos e o eterno papagaio de pirata Gui Pádua apareceram, meio a alguns gatos pingados que circulavam pela calçada.
Gui articulava uma "boca de urna" para atrair agregados, mas não perdeu tempo em distribuir cartões a imprensa, fez questão de anotar seu celular.
Solari, com a equipe MTV, era a única atração da pirataria de primeira viagem. Rafinha Bastos cumpriu seu ofício, deixou a palhaçada por conta de Pádua.
Do outro lado da tela, Junior Lima (Sandy) fez sua "manifestação no sofá" clicava compulsivamente, #forasarney, "Ninguém na Paulista! Vamos para a Paulista galera?"- (avenida que no máximo circulou em seu carro).
O mico da noite foi o atleta, papagaio de pirata, aspirante a apresentador e top-model, ator e "mamãe quero ser famoso" Gui Pádua, na esperança de flashes em sua direção, estava com seus patrocinadores todos a mostra, nas tatoos e no figurino, nas costas sua camiseta estava devidamente personalizada "guipadua.com"
Mas, qual era mesmo o motivo da manifestação?
No Rio de Janeiro, o protesto aconteceu em frente a Câmara dos vereadores, na praça da Cinelândia, no centro do Rio, completamente diferente de São Paulo.
Liderado por Tico Santa Cruz, sempre envolvido em causas sociais, marcou presença como havia prometido, não estava em clima de "tarde de pequinique", discurso sem rimas, argumentou o motivo de sua manifestação. Tico traz em seu currículo outras ações como esta, nas ruas recebeu o apelido de Tico Guevara.
Existem várias espécies de brasileiros!"
2 de Julho de 2009 1:39
Autoria: Anônima, tirado de um comentário feito aqui no blog, no post "EU FUI no #forasarney em Sampa".
Nota: Gosto de ouvir a todos e, independente da minha opinião, acho legal dar espaço para quem defende suas idéias de forma inteligente e criativa. Gostei do texto e aí está (antes tarde do que nunca).

3 comentários:

Arkanjuca disse...

o #forasarney nasceu bem antes dos auto denominados piratas do twitter, q de pirata só tem a fantasia que usavam quando criança.

O Tas falou várias coisas interessantes a respeito, uma delas foi a respeito das comparações com a diretas já por exemplo, que demorou mais de 3 anos sendo organizada, enquanto o #forasarney aconteceu em semanas.

O movimento foi um sucesso, gritos na rua não resolvem nada em si, oque os gritos fazem é conscientizar aqueles que estão ouvindo, e acho que nisso, o movimento foi um dos mais bem sucedidos que eu já vi, pela rapidez com que se espalhou.

Veja q até a bem pouco tempo antes do movimento, ninguém pensava muito na vida política do sarney, hoje é praticamente uma unanimidade.

Monica Marinho disse...

Então, Juka... creio que nem antes e nem agora sabem muita coisa sobre o Sarney, seja da vida pregressa ou atual. O q vejo são muitos papagaios de pirata repetindo o #forasarney, sem ao menos saberem o porquê. Mas mesmo assim, acho váliado e legítimo qualquer protesto ou manifestação, seja ele virtual ou nas ruas. Como disse pra uma twittera (@silviamarques), vamos deixar os meninos brincarem. Não sejamos como aquela velha chata e ranzinza, que fica reclamando da barulheira na porta e que se a bola cair na varanga vai rasgá-la. Depois das Diretas Já, o Brasil não viveu mais nada semelhante. Não conto os "caras pintadas", pois foi um movimento manipulado. Desde então, não tivemos mais uma motivação coletiva, quem viveu de 85 p/ trás, desaprendeu a ir às ruas por um ideal que valesse a pena, e quem nasceu depois, nem sequer aprendeu. Vivemos a era das luta das minorias, das causas pequenas: das "paradas gays", do "orgulho negro", dos "sem terra", "sem teto", enfim... Cada um por si. Não sei, acho que é isso.

Skydiver disse...

[quote]Arkanjuca disse:
Veja q até a bem pouco tempo antes do movimento, ninguém pensava muito na vida política do sarney, hoje é praticamente uma unanimidade.[/quote]

E ele é senador, óbviamente, do estado do...